Este site utiliza o plugin Flash Player 8, clique aqui para instalar.
PRESS
É «obrigatório» duplicar produção agrícola até 2050

É «obrigatório» duplicar produção agrícola até 2050, diz FIDA




O presidente do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) defendeu, este domingo, que é «obrigatório» duplicar a produção agrícola até 2050 para garantir a segurança alimentar no mundo.
«É obrigatório duplicar a produção agrícola», porque «a população mundial tem crescido tremendamente» disse Kanayo Nwanze, numa conferência de imprensa à margem da reunião dos ministros da Agricultura do G8, a decorrer na Itália.
 
«Esperamos que os países do G8 e os países em desenvolvimento» presentes na reunião aprovem «um plano de acção concreto e não uma nova declaração», já que se está a assistir a «uma verdadeira reviravolta» e a agricultura «é a chave para o crescimento económico dos países em desenvolvimento» e a «segurança alimentar um elemento-chave para a segurança internacional», sublinhou.
 
Kanayo Nwanze espera que os ministros da Agricultura encarem como «muito sério» o apelo para que se comece a ver um «crescimento contínuo dos investimentos e da produtividade agrícola».
 
O presidente do FIDA participou na reunião dos ministros da Agricultura do G8 juntamente com outros representantes internacionais, como o Banco Mundial, União Africana e Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação.
 
Pela primeira vez, os ministros da Agricultura do G8 (Estados Unidos, Rússia, Alemanha, Japão, França, Canadá, Grã-Bretanha e Itália) reúnem-se para debater em especial a segurança alimentar.
 
Os ministros da Agricultura do Brasil, China, Índia, México, África do Sul, Argentina, Austrália e Egipto também participam no encontro, que termina segunda-feira.

TSF
2009-05-19